14 julio, 2006

Segunda canción

Pasamos de los veinte años, de filología francesa, a la portuguesa y al doctorado sobre jesuítas, colonos, tupís y aymarás, a Eva jugando a ser traductora, con textos para la CEE sobre fungicidas y sobre productos químicos para empresas portuguesas, pero jurando que no quería ser profesora. Llegamos a Chico César y a la actitud que me hubiera gustado tener ante la vida.
Para mozilla y firefox, quizás necesites esto.


























Quando não tinha nada,eu quis
Quando tudo era ausência, esperei
Quando tive frio, tremi
Quando tive coragem, liguei

Quando chegou carta, abri,
Quando ouvi prince, dancei,
(Quando vi Salif Keita, dancei, )
Quando o olho brilhou, entendi,
Quando criei asas, voei,
Quando me chamou, eu vim
Quando dei por mim, tava aqui
Quando lhe achei, me perdi
Quando vi você, me apaxonei

Amara,dzaia,zoi, ei Dzaia, dzaia,
ain,in,in inga Num, man an

No hay comentarios: